Princípios gerais de avaliação

Principios Gerais de Avaliação

Critérios gerais de avaliação

Princípios orientadores

1. A avaliação tem três vetores fundamentais que se complementam e interligam a cada
momento, a saber:

a) vetor diagnóstico;
b) vetor de autorregulação;
c) vetor de certificação.

2. A avaliação deverá promover um processo de autoavaliação que proporcione ao aluno a
possibilidade de se autorregular.

3. A avaliação tem como instrumentos, além de outros, a realização de testes, fichas, trabalhos
de grupo, de par ou pessoais, ou ainda relatórios de atividades e a observação realizada pelo professor
na sala de aula.

3.1 na observação realizada em sala de aula tem em conta:

a) o modo de estar;
b) a participação efetiva nos trabalhos realizados na aula;
c) a realização dos trabalhos propostos como complemento ou desenvolvimento das
aprendizagens da aula;
d) a dedicação e empenho manifestados;
e) a atitude em relação à disciplina, ao professor e aos colegas;
f) a organização e apresentação dos materiais (caderno diário ou outros que sejam utilizados);
g) a pontualidade e a assiduidade.

 4. A avaliação terá em conta a evolução demonstrada.

Critérios gerais de correção/classificação

1. Domínio da Língua Portuguesa
a) a qualidade de expressão escrita e oral utilizada:
Nos trabalhos escritos será descontado  0,2% até um limite de 5%(1ºciclo) e 0,5%  até um limite de 5%
(2º, 3º ciclo) por cada erro ortográfico. A disciplina de Português tem critérios específicos.”

b) a capacidade de compressão e interpretação demonstrada;
c) a capacidade de análise e de síntese revelada.

2. Domínio científico
a) serão tidos em conta o processo e o resultado;
b) será exigido rigor na linguagem utilizada, tanto simbólica como corrente;
c) ter-se-á em conta a clareza de exposição;
d) será apreciada a qualidade da apresentação.

3. Domínio pessoal e relacional
Avaliar-se-ão:
a) o espírito de compreensão e respeito;
b) a capacidade de autorregulação;

c) os hábitos de trabalho e o empenho pessoal.

4. A avaliação tem em conta duas áreas:
Área cognitiva – que representa os domínios do saber e do saber fazer;

Área das atitudes – que representa o modo de estar, e como o aluno se organiza e relaciona
com os outros e com o mundo que o rodeia.

5. Para atribuir a classificação definimos, como referência, a seguinte tabela de
ponderação percentual:

ponderacao